• Parte de
    Ubiquity Network logo
    Publicar con nosotros


    A Latin America Research Commons
    Usando a TI para Derrubar Barreiras ao Acesso à Pesquisa Latino-Americana

    A Associação de Estudos Latino-Americanos é o foro ideal para uma proposta tão ambiciosa quanto a Latin American Research Commons (LARC). Tendo acabado de completar meio século de história, a LASA continua a ser um ator dominante na promoção e na disseminação de pesquisas originais na América Latina, com mais de 10.000 membros espalhados pelo mundo. Sua principal publicação, a Latin American Research Review, foi o primeiro grande periódico interdisciplinar no campo das ciências sociais e humanas a se tornar de acesso completamente aberto, em janeiro de 2017, confirmando assim o pioneirismo da LASA na produção e disseminação de pesquisas originais pela região. O LARC é um ápice em conformidade com essa longa tradição.

    Avanços na tecnologia de informações estão transformando de modo de disseminação da pesquisa. Entretanto, essas mudanças tecnológicas coincidiram com a predominância crescente de abordagens norte-americanas às ciências sociais e humanas, incluindo uma pressão maior no sentido de que acadêmicos latino-americanos publiquem em inglês. Esse efeito de estreitamento é bastante paradoxal, uma vez que se esperaria, normalmente, que tais mudanças tecnológicas levassem à proliferação de pontos de vista e perspectivas acadêmicas alternativas, inclusive as vindas da América Latina. Esse mesmo paradoxo sublinha a importância de publicações de acesso livre tais como a LARC, que fornece perspectivas alternativas sobre as questões mais importantes da atualidade e sobre o modo como as estudamos, ao mesmo tempo que amplia as oportunidades de publicação para a pesquisa de alta qualidade que acadêmicos latino-americanos vêm produzindo há décadas.

    O maior desafio em face da pesquisa sobre a América Latina e sua disseminação é a necessidade de legitimar o valor e a necessidade de perspectivas alternativas a propósito de maneiras de se compreender o mundo em que vivemos. Em última instância, essa foi uma das principais contribuições às ciências sociais e humanas pelas quais a pesquisa latino-americana ficou famosa nos anos 60 e 70. Ironicamente, o eclipse gradual das contribuições dos anos 80 contribuiu para com muitos problemas políticos, sociais e econômicos subsequentes ao criar um vácuo intelectual que foi rapidamente preenchido pelo neoliberalismo e o chamado consenso de Washington.

    Este desafio também abre oportunidades enormes para publicações de acesso livre como o LARC. Elas podem ajudar a manter vivos modos alternativos de se pensar, fornecendo espaço à sua elaboração e uma plataforma para o crescimento de sua influência. Trata-se de uma oportunidade possibilitada por avanços na tecnologia da informação tornados possíveis por meio de publicações de acesso aberto, o que pode ajudar a derrubar não apenas a segmentação de mercados de pesquisa, como também o domínio crescente de perspectivas norte-americanas.

    Os desafios atuais enfrentados por publicações de pesquisas sobre a América Latina como o LARC precisam ser vistos como oportunidades que ajudarão a garantir a influência da pesquisa sobre a América Latina em debates globais e regionais, em um momento em que tal influência é mais importante do que nunca.